Mensagens

(in)tolerância

Hoje em dia só olhamos para o nosso umbigo. Fingimos ouvir o que as pessoas nos dizem, só porque fica bem, mas no fundo ignoramos o que nos é dito. Somos egoístas, somos egocêntricos, mas para ficarmos bem na fotografia somos muito bem educados a mandar os outros à merda. E eles ainda nos agradecem, com um sorriso nos lábios, porque estamos a ser uns fofinhos e super altruístas. No fundo estamos a ser umas bestas.
Não há tolerância. Vamos a um café e atendem com má cara, vamos no trânsito e não há respeito pelos outros, pelas regras, e a maioria das vezes nem sequer agradecem. Estamos no ginásio e pedimos uma coisa e olham para nós como se fossemos um extraterrestre, grunhem uma resposta e continuam na vidinha deles. Vamos a um balcão de atendimento e demoramos mais um bocadinho a chegar ao balcão e estão logo a gritar o número da senha. Às vezes é só o tom, é só a voz e a entoação. "Quando puder, é o meu pequeno almoço", mas o tom e a postura é de "estou com pressa, f…

Tiveste cancro, e então? (parte III)

Catarina, precisamos de conversar. Foda-se. Fecham-se os olhos, respira-se fundo, olha-se para o teto ao mesmo tempo que se morde o lábio. "Diga Dr., o que é agora?"
E pela terceira vez em pouco mais de um ano as notícias não são animadoras e o coração fica mais apertadinho. O TAC acusou mais um nódulo, com cerca de 2,3cm e próximo do estômago, que não conseguem perceber bem se é peritoneal ou linfático. Porreiro, pá. E então o cirurgião diz que não faz sentido estarmos a abrir de cada vez que aparece uma coisa nova, por isso vamos avançar com quimioterapia. Calma, mas quimio, quimio? Ou imunoterapia, como tinhamos falado antes? Sim, quimio, quimio. Foda-se. Foda-se, foda-se, foda-se.
Uma pessoa nunca sabe bem como vai reagir nestas alturas. Acho que tenho reagido bastante bem desde o início. Detesto síndromas do Calimero, detesmo mesmo e não consigo lidar com esse tipo de pessoas. Mas a sério, aquilo que não ajuda nada é ter as pessoas à nossa volta a panicar, porque dá vo…

Mulheres com quem eu dormia, assim na boa e sem pensar duas vezes #13

Imagem
Gal Gadot
(Always be yourself. Unless you can be Wonder Woman)

Treino do dia, ou de como voltar a treinar de forma super badass #3

Estão a ver aquelas semanas em que parece que o corpo não responde ao que nós queremos? Esta semana estive como o tempo. O que treinei valeu a pena, dediquei-me, mas treinei pouco. Fiz dois treinos de Muay Thai, com o coração de periquito na boca, ganhei mais umas nódoas negras mas nada de novo. Senti-me mais dorida no abdominal, mesmo sem fazer abdominais tradicionais (só mesmo pranchas), senti-me com mais dores musculares, e senti-me com menos energia para ter coragem de levantar o rabo e ir treinar. Só fiz um treino de mobilidade, flexibilidade e ativação muscular. Shame on me, right? Nem por isso.
Treinei menos, mas e então? Sei que não é por termos uns dias menos bons que não alcançamos os nossos objetivos. Sei também que por vezes o corpo precisa de descansar. Tenho de um lado o diabo a dizer que treinei pouco, que me deixei levar pela preguiça, que assim não chego lá, que cedi à fraqueza. Do outro lado tenho o anjo a dizer que o que treinei foi a foi a 200%, que não faz mal nã…

Spoiler alert! (ou de como sim, eu também vou falar sobre La Casa de Papel)

Imagem
A história não é nova. Um grupo de indivíduos, uma mastermind à frente do golpe, um assalto por dinheiro. Nada de novo certo? Errado. Estão a ver aquelas séries em que sem nos darmos conta estamos super ansiosos, a bater o pé ou a perna e damos por nós a roer as unhas quase até ao sabugo? Pronto, foi assim que me senti a ver esta série. Vamos a factos.


A série é espanhola. Logo por aí torci o nariz, mas decidi dar o benefício da dúvida, e ainda bem que o fiz. Temos um indivíduo que se auto intitula como o "Professor", que recruta uma combinação improvável de 8 indivíduos, cada um com características essenciais ao assalto que quer fazer à Casa da Moeda. Querem apenas e só 2,4 mil milhões de euros. Coisinha pouca, que os obriga a ficar na Casa da Moeda cerca de 10-12 dias, com 67 reféns. E porquê? Porque eles não querem roubar o dinheiro de ninguém, o que eles querem é fazer dinheiro. Ora se por vezes a relação entre duas pessoas já é atribulada, então imaginem 8 ladrões e 67…

Mulheres com quem eu dormia, assim na boa e sem pensar duas vezes #12

Imagem
Sophia Bush. Pronto, não é novidade que prefiro as morenas.
(E aquela voz senhores?)

Treino do dia, ou de como voltar a treinar de forma super badass #2

Imagem
Pois é, parece que o corpo está a querer dar tréguas e não fica a reclamar muito depois de uma pequena tareia. Ainda assim é importante manter diferentes tipos de treino, já que todos têm objetivos diferentes.
Ontem foi dia de treinar com um amigo que é fã da bela bicicleta de RPM. Já vos disse que detesto cardio, não já? Valeu-me ele ter de ir trabalhar e só termos tido tempo de fazer cerca de meia horinha. Ufa, respira fundo. Mas respira fundo só no fim, porque durante não tens como o fazer.


Estão a ver ali os 165 de frequência cardíaca média no meu coração de periquito? Pois. Já vos disse que detesto cardio? 
Vá depois fiz mais uma horinha e meia de treino de mobilidade, flexibilidade, ativação muscular e trabalho diafragmático e de respiração. Em termos de frequência cardíaca é um trabalho pouco emocionante e bastante repetitivo, mas para as minhas necessidades neste momento é um treino fundamental. Gosto de perceber que já evoluí imenso desde a primeira vez que pedi para um pers…